Psicologia do Esporte






A Psicologia do Esporte é o estudo científico de pessoas e seus comportamentos em contextos esportivos e de exercício. Como ciência vêm se consolidando aos poucos, muitos atletas possuem psicólogos do esporte em seu staff ou em sua comissão técnica. Alguns técnicos, treinadores e preparadores físicos também utilizam ferramentas da Psicologia do Esporte incorporados aos seus métodos de trabalho.

O objetivo do Psicólogo do Esporte é entender como os fatores psicológicos afetam o desempenho físico de um indivíduo e compreender como a participação em esportes e exercícios afeta o desenvolvimento psicológico, a saúde e o bem estar de uma pessoa no ambiente esportivo. Além disso, é papel do psicólogo, trabalhar para o desenvolvimento cognitivo, comportamental e emocional do atleta, visando sua saúde integral (física e mental) para formá-lo enquanto esportista consciente do seu papel.

Não é só do esporte competitivo o foco de  atuação do psicólogo do esporte.  As áreas de intervenção são compostas também: pelas práticas de tempo livre ( atividade física como manutenção da saúde e do bem estar), pelo esporte escolar (a relação do praticante  com o ambiente escolar, nos mais variados graus), pela iniciação esportiva (crianças e jovens envolvidas em atividades esportivas, pedagógicas e competitivas), pela reabilitação (recuperação psicológica de lesão de atletas e praticantes de esporte, assim como pessoas que praticam atividade física como meio para reabilitação ou inserção social, os obesos,  os doentes cardíacos, os doentes mentais, os deficientes físicos entre outros), e por fim pelos projetos sociais (tem como intuito o esporte como meio de educação e socialização de crianças e jovens de comunidades carentes).

Muitas vezes o papel da Psicologia do Esporte e da Psicologia Clínica são  confundidas, na verdade são especialidades diferentes. Entretanto, a Psicologia do Esporte, trabalha com alguns focos e objetivos voltados a performance no esporte ou no exercício físico. Enquanto, que a Psicologia Clínica trabalha com os conflitos emocionais, transtornos de comportamento ou psicopatologias do indivíduo de uma maneira geral. Não se "transporta" para o ambiente esportivo o divã, as estratégias de intervenção dessas áreas são diferentes.  Assim como os médicos após se formarem necessitam se especializar em uma determinada àrea de atuação ( medicina do esporte, psiquiatria, etc), os psicólogos também necessitam de especialização em àreas de atuações diferentes ( esporte, clínica, recursos humanos, jurídica, etc).

 A especialização traz consigo o conhecimento específico necessário para atuação no esporte. Dessa maneira o psicólogo deve entender da modalidade específica com que está atuando e as particularidades que ela possui. Entre eles, os aspectos fisiológicos envolvidos, os princípios de treinamento que serão aplicados,  a aprendizagem motora e a biomecânica do movimento. Portanto,  o profissional especializado estará mais apto  e habilitado para desenvolver um trabalho nessa área.

Fonte




Comente:

Nenhum comentário