Piscina do Flamengo é interditada após vazamento elevar conta para mais de R$ 500 mil






comunicado piscina interditada flamengo (Foto: Divulgação / Site Oficial do Flamengo)

A principal piscina olímpica do Flamengo será interditada para realização de obras estruturais. A direção do clube informou, em comunicado, que o vazamento de água no local acabou ajudando a elevar a conta para mais de meio milhão de reais por mês. Ainda não há uma previsão de quando ela voltará a funcionar novamente.

A direção do Flamengo, que já havia dispensado a equipe de natação do clube no fim do ano passado, disse que a decisão de interditar a piscina foi tomada depois de um laudo técnico apontar o atual estado da estrutura do local.

O comunicado destacou ainda que o vazamento, "além de ter gerado um alto risco" para quem usava a piscina, também "trouxe problemas financeiros para o clube". Segundo o Flamengo, os problemas estruturais representariam uma perda de 6,5 mil litros de água por dia e isso teria ajudado a elevar a conta de água para mais de meio milhão de reais por mês.

A arquibancada e parte do deck da piscina 2 também estão com problemas e serão interditados temporariamente. 

soldados arquibancada piscina gávea flamengo (Foto: Rafael Lopes / Globoesporte.com)


Comente:

Nenhum comentário