Maratona aquática define time brasileiro para o Mundial






Os brasileiros que representarão o Brasil no Mundial dos Desportos Aquáticos de Barcelona, na Espanha, que será realizado de 20 a 27 de julho, foram definidos neste final de semana após a disputa da segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Maratonas Aquáticas 2013.

Realizado em Porto Belo, em Santa Catarina, a maratona definiu duas vagas nas modalidades feminina e masculina na competição dos 5km. Com os melhores desempenhos, Luis Rogério Arapiraca (57min17s), Samuel de Bona (57min19s), Poliana Okimoto (1h01min12s) e Ana Marcela Cunha (1h01min22s) conquistaram os quatro lugares.

Na distância olímpica de 10km, os representantes brasileiros já haviam sido definidos na Maratona Internacional de Santos, realizada no dia 27 de janeiro. Nela, Poliana Okimoto, Ana Marcela Cunha, Allan do Carmo e Diogo Villarinho foram os melhores colocados.

"Não consegui pegar a vaga nos 10km, então vim com tudo para conquistar lugar nos 5km e sabia que ia ser duro porque a prova foi a mais forte durante muito tempo. Agora, tenho que ganhar velocidade, treinar e pensar numa estratégia para ter um bom resultado no Mundial", afirmou Samuel.

Para a prova de 25km, o Brasil não realiza seletivas para definir seus competidores. Os atletas que disputam a de 10km têm a prioridade e podem escolher se querem participar da disputa. Ana Marcela, primeira nadadora nacional a vencer o Mundial, já confirmou sua presença e abriu mão da competição em grupo para ter um bom desempenho nas provas que realizará.

"Quero nadar as três provas individuais (5km, 10km e 25km). A prova por equipes não pretendo disputar porque acho que a Poliana, hoje, tem todo o direito de competir nela e porque os 25km iriam atrapalhar" declarou Ana.

Diferentemente da parceira, Poliana descarta a mais longa e confirma a vontade de disputar a prova de equipes, que é um revezamento formado por dois homens e duas mulheres.

"Agora é foco total para o Mundial. Neste ano vou participar de muitas etapas do Circuito da Copa do Mundo também, pois fazem parte do meu planejamento. A prova por equipes é mais uma em que temos chances e se o Brasil inscrever um time eu quero muito participar. Os 25km nem passam pela minha cabeça".




Comente:

Nenhum comentário