Ian Thorpe revela em autobiografia que quase cometeu suicídio






O nadador australiano Ian Thorpe, que tem 11 títulos mundiais e nove medalhas olímpicas em seu currículo, revelou que sofreu durante anos de depressão e que esteve à beira do suicídio. Em uma autobiografia que ainda não está à venda, Thorpe, de 30 anos, confessa que chegou a planejar lugares e formas de cometer suicídio e que bebeu grandes quantidades de álcool, informou neste sábado o jornal australiano "Sydney Morning Herald".

Chris McGrath/Getty Images
Ian Thorpe sofreu com depressões no passado e pensou em suicídio

"Era a única maneira de poder dormir. Não conseguia dormir, particularmente entre 2002 e 2004, enquanto treinava para defender meus títulos olímpicos em Atenas. Abusava do álcool, sempre sozinho e em meio à desgraça", relatou o nadador conhecido como o "Torpedo". No livro, chamado "This is me: the autobiography" (Este sou eu: minha autobiografia) e escrito junto com Robert Wainwright, o australiano explica que ocultou suas depressões, que chegavam a se prolongar durante um mês, inclusive de seus pais.

"Nem sequer considerei lugares para cometer suicídio, sempre voltava atrás ao me dar conta de como era ridículo. Acredito que não (cometeria suicídio) depois de refletir agora, mas há dias da minha vida em que me arrepio", revelou Thorpe.

O nadador, que retomou sua carreira em 2011 após seis anos longe das piscinas, voltou a negar rumores sobre seu homossexualismo e disse que deseja formar uma família. "Não sou gay e todas minhas experiências foram heterossexuais. As mulheres me atraem, amo as crianças e desejo formar uma família", relata em um trecho do livro publicado no "Sydney Morning Herald".

O "torpedo" conseguiu onze títulos mundiais e treze recordes do mundo, além de cinco medalhas de ouro, três de prata e uma de bronze, dividas entre os Jogos Olímpicos de Sydney 2000 e de Atenas 2004. Após Atenas, o nadador decidiu parar por um ano e depois anunciou sua aposentadoria em novembro de 2006, aos 24 anos de idade, ao alegar falta de motivação.

Em fevereiro de 2011, Thorpe anunciou que voltaria a competir para tentar uma vaga nos Jogos Olímpicos de Londres 2012. Embora não tenha se classificado para a competição, o nadador continua treinando com a esperança de competir no Mundial de Natação que será realizada em julho de 2013 em Barcelona e também planeja estar nas Olimpíadas do Rio de Janeiro, em 2016.



Comente:

Nenhum comentário