Brasil fica fora da final no revezamento 4x100m livre






Sem o nadador Cesar Cielo, poupado, o Brasil acabou fora da final do revezamento 4x100m livre nos Jogos Olímpicos de Londres. A equipe brasileira fez o tempo de 3m16s14 na primeira bateria e ficou na nona posição no geral. Rival de Cielo nos 100m livre, o australiano James Magnussen competiu normalmente e ajudou seu país, na segunda série, a se classificar em primeiro, com o tempo de 3m12s29.

O Brasil foi representado por Nicolas Oliveira, Bruno Fratus, Nicholas Santos e Marcelo Chierighini. A opção de poupar Cielo foi tomada pela comissão técnica pois foi considerado que o país não tinha chance de medalha no revezamento e que o velocista tem chances reais nos 50m livre e nos 100m livre. A eliminatória e semifinais desta última será na terça-feira.
— Ainda temos que ver quanto cada um nadou. Apareceu a Alemanha, que não estávamos esperando muito. A estratégia foi defindia pelo tempo dos nadadores e para pouparmos o Cielo para uma eventual final. Ele tem que nadar eliminatória, semifinal e final dos 50m livre e dos 100m livre. É bem desgastante. Foi uma opção da comissão técnica — afirmou Nicholas Santos.


Comente:

Nenhum comentário