Leonardo de Deus, nadador brasileiro







Leonardo Gomes de Deus (nascido em 18 de janeiro de 1991, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul) é um nadador brasileiro, que disputa diferentes provas e estilos.

Integrou a delegação nacional que participou dos Jogos Sul-Americanos de 2010, em Medellín, na Colômbia, onde conquistou duas medalhas de ouro, nos 200 metros costas e 200 metros borboleta, e uma de prata no revezamento 4x200 metros livres.

Participou do Campeonato Mundial de Natação em Piscina Curta de 2010, em Dubai, na prova dos 100 metros costas, ficando em 28º; e da prova dos 200 metros borboleta, ficando em 15º, em ambos não conseguindo ir à final.

No Campeonato Mundial de Esportes Aquáticos de 2011 em Xangai, na China, se classificou à semifinal dos 200 metros borboleta com o segundo melhor tempo, não conseguindo, posteriormente, a classificação à final e terminando em 13º. Também foi à semifinal dos 200 metros costas, terminando em 15º.

Nos Jogos Pan-Americanos de 2011 em Guadalajara, no México, foi consagrado campeão da prova dos 200 metros borboleta, após polêmica envolvendo patrocínio irregular na touca utilizada na final. Por alguns minutos, Leonardo esteve desclassificado, mas após protestos da torcida e dos próprios atletas, o primeiro lugar foi devolvido ao sul-matogrossense. Ganhou também a prata no revezamento 4x200m livres.

Em 25 de abril de 2012, participando do Troféu Maria Lenk no Rio de Janeiro, o nadador fez a marca de 1m57s38 na prova dos 200 metros costas, derrotando Thiago Pereira na batida de mão, sagrando-se campeao do troféu e confirmando sua vaga para os Jogos Olímpicos de Londres 2012. Em 27 de abril sagrou-se campeão também dos 200 metros borboleta do Maria Lenk, batendo na final Kaio Márcio de Almeida, confirmando sua classificação para as Olimpíadas de Londres também desta prova.






Comente:

Nenhum comentário