Após depoimento de Xuxa e assédio, Joanna Maranhão tem crise e desmaia





Natação Joanna Maranhão nos 200m borboleta do Maria Lenk (Foto: Satiro Sodré /  Agif)

Em uma semana, um assunto difícil para Joanna Maranhão voltou à tona com intensidade. O depoimento da Xuxa ao "Fantástico", no domingo, e a aprovação da lei que leva o seu nome, na última sexta-feira, fizeram a nadadora do Flamengo lembrar e voltar a falar sobre o abuso sexual que sofreu na infância. O assédio da imprensa e o cansaço emocional foram tão grandes que a atleta pernambucana teve uma crise por estresse, na terça-feira.

Segundo a assessoria de imprensa do Flamengo, Joanna ficou abalada com depoimento de Xuxa e isso se agravou com os inúmeros pedidos de entrevistas. Ela chegou a desmaiar, mas foi medicada e recebeu a recomendação médica de não falar mais sobre esse assunto. Apesar do susto, ela já voltou a treinar normalmente e, nesta quarta-feira, comentou o fato.

- Eu tive uma síncope vasovagal que, simplificando, é um desmaio causado por estresse. Nada que uma respiração profunda, oração e o carinho da minha mãe e dos amigos não resolva - explicou, em seu blog.

A Lei Joanna Maranhão, que altera as regras sobre a prescrição do crime de pedofilia, foi publicada no Diário Ofícial da União na sexta-feira. Como a nadadora foi a principal inspiração para a lei que estipula uma contagem de tempo para a prescrição começando apenas quando a vítima fizer 18 anos, foi intensamente procurada para comentar a vitória nos tribunais.

Dois dias depois, mais uma novidade mexeu com o emocional da nadadora. Em entrevista ao programa "Fantástico", a apresentadora Xuxa revelou também ter sofrido abuso sexual na infância e levantou a bandeira contra este crime. No início dessa semana, a atleta classificada para os Jogos de Londres mais uma vez enfrentou um intenso assédio por parte da imprensa.

 - Dia dificil que chegou ao fim e eu sobrevivi, porque a vida é muito linda para não ser vivida ao extremo! - disse Joanna Maranhão, em sua página no Twitter.

No blog, a nadadora também comentou a revelação da apresentadora, mas destacou que agora precisa focar nos treinamentos. Daqui a 70 dias, ela será uma das representantes brasileiras nos Jogos Olímpicos de Londres.

- É lógico que me chocou, é lógico que me entristeceu ver que mais uma vez a banalidade dos crimes sexuais tem proporções gigantescas. Todo processo doloroso de verbalizar e fazer terapia eu já fiz e, no momento, a minha vida está 100% focada no meu esporte, na minha carreira e na minha performance.

Comente:

Nenhum comentário