Bermuda de rival de Cielo rasga mas bate Phelps em Indianápolis






O americano Nathan Adrian, especialista nas mesmas provas do brasileiro César Cielo, venceu a prova dos 100 m livre do GP de Indianápolis, ontem, com o bumbum de fora.

A bermuda do velocista rasgou no momento da largada, ainda sobre o bloco, mesmo assim o nadador liderou toda a distância e bateu o recorde do evento (48s62).

O segundo colocado foi o astro das piscinas Michael Phelps, com 48s74. O GP de Indianápolis é uma das mais fortes competições dos Estados Unidos.

"Isso nunca havia acontecido comigo no bloco, nem mesmo no treino", disse Adrian, que veste a bermuda Fastskin3, da Speedo. "O que eu podia fazer? Eu não podia parar".
Antes de deixar a piscina, Adrian pediu uma toalha aos organizadores e cobriu o bumbum que estava à mostra. O nadador concedeu entrevista e subiu ao pódio ainda com a toalha na cintura.

O americano foi medalha de ouro no revezamento 4 x 100 m livre na Olimpíada de Pequim-2008. O tempo feito em Indianápolis é próximo ao recorde mundial que pertence a Cielo, com 46s91, obtido quando era permitido o uso dos trajes tecnológicos.

O melhor tempo do ano nos 100 m livre pertence ao australiano James Magnussen, que marcou 47s10, na seletiva olímpica do país, há duas semanas.

Comente:

Nenhum comentário