Sites apontam ‘movimento irregular’ de Felipe França e questionam ouro





Poucas horas após o ouro de Felipe França nos 50m peito, no Mundial de Xangai, sites americanos passaram a contestar o título do brasileiro por causa de um suposto movimento ilegal. Com imagens de uma câmera subaquática, uma reportagem no site da "Swimming World Magazine" aponta uma golfinhada - pernada executada pelo brasileiro na chegada da prova. O movimento não é permitido segundo as regras da Federação Internacional de Natação (Fina).

FRAME - felipe frança mundial de natação pernada irregular (Foto: Reprodução You Tube)

Como a Fina não usa vídeo para ajudar os árbitros - que não viram a irregularidade - e como não houve recurso dos adversários, a medalha de Felipe deve ser mantida. A imagem subaquática mostra que Felipe dá uma golfinhada, e a câmera de cima revela que o brasileiro é o único a levantar água da piscina com os pés na hora de chegada. Confira aqui o vídeo.

A Fina só permite uma ondulação na saída da prova e uma após cada virada, quando o corpo está totalmente submerso. Na chegada, os nadadores não estão submersos, e a pernada de Felipe - semelhante à do nado borboleta - o ajudou a chegar mais rápido na borda. Felipe fez o tempo de 27s01, 18 centésimos a menos que o italiano Fabio Scozzoli, medalha de prata.

O texto do "Swimming World Magazine" termina dando os parabéns a Scozzoli como "campeão não-oficial dos 50m peito". Em meio à polêmica, o site "Universal Sports" encerra sua nota questionando como os árbitros não viram o movimento e fazendo outras perguntas: "O que você acha? Ele deve desistir de sua medalha de ouro?"

No último Mundial, em Roma, aconteceu o contrário. Cameron Van Der Burgh ganhou o ouro e também foi acusado de fazer movimento ilegal. Felipe França ficou com a prata. Na ocasião, o técnico de Felipe, Arilson Soares, disse que não chegou a ver, mas informou que muitas pessoas foram reclamar com ele a partir da imagem subaquática.

No Pan-Pacífico, no ano passado, o brasileiro Tales Cerdeira conseguiu tempo para ir à final dos 200m peito, mas foi desclassificado logo após sair da piscina porque os árbitros perceberam o movimento irregular.



Comente:

Nenhum comentário