"Sinto que estou voltando", diz Phelps após ouro no Mundial





A conquista de seu primeiro ouro no Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai - os 200 m borboleta - tirou um pouco da expectativa da torcida por um show de Michael Phelps. Não que ele se preocupasse com isso. Tranquilo, o multicampeão comemorou a vitória e, mais ainda, o fato de sentir que está voltando à forma que o consagrou nos Jogos de Pequim 2008, quando conquistou oito medalhas de ouro.

"Sinto que estou meio que voltando, que meu velho 'eu' está voltando. Eu sei o que preciso fazer no ano que vem (na Olimpíada de Londres) para conseguir o que quero. Estou na direção certa", afirmou Phelps.

Apesar de ter levado o ouro nos 200 m borboleta e de sentir que está retornando aos seus melhores dias, Phelps admitiu um grande cansaço após a prova. Depois de dominar os primeiros 150 m, o americano viu o japonês Takeshi Matsuda se aproximar, porém, sem ameaçá-lo.

"Principalmente nos 25 m finais, eu sentia que estava morrendo, que tinha um piano em minhas costas. Mal conseguia tirar meus braços da água", disse Phelps, que ainda assim nadou a semifinal dos 200 m medley e cravou o segundo melhor tempo (1min57s26).

Além do ouro nos 200 m borboleta, até o momento, Phelps conquistou uma prata nos 200 m livre, quando foi derrotado pelo compatriota Ryan Lochte, e um bronze no revezamento 4x100 m livre com a equipe dos Estados Unidos, no Mundial de Xangai.



Comente:

Nenhum comentário