‘Não tenho que fazer ninguém feliz’, diz Cielo sobre críticas dos rivais





cesar cielo mundial de natação (Foto: Satiro Sodré / AGIF)

Depois de um longo período em silêncio, Cesar Cielo voltou a falar sobre caso de doping na noite deste sábado (pelo horário de Brasília), em sua estreia no Mundial de Xangai. Embora tenha evitado se aprofundar no assunto, o campeão olímpico e mundial comentou brevemente sobre a repercussão do resultado de seu julgamento, logo após avançar para a semifinal dos 50m borboleta. O nadador brasileiro afirmou que não "tem que fazer ninguém feliz".

A decisão do Tribunal Arbitral do Esporte de não suspender Cesar Cielo por caso de doping não agradou alguns nadadores estrangeiros, principalmente os rivais do brasileiro. No sábado, o americano Jason Lezak fez duras críticas ao TAS. O francês Alain Bernard foi outro que disse considerar a punição muito leve.

- Eu sou um nadador, estou aqui para nadar. Não falei com outros nadadores, estive com o time brasileiro a maior parte do tempo. Minha meta principal aqui é nadar rápido. Eu não tenho que fazer ninguém feliz - disse Cielo ao ser questionado sobre as críticas feitas pelos rivais.

Cielo mal teve tempo de se recuperar do último mês turbulento antes de cair na água novamente. Apenas três dias após a decisão do TAS, o brasileiro já fez sua estreia na competição chinesa.

- Eu virei o jogo nas Olimpíadas (Pequim-2008) em horas, então acho que dois ou três dias já estão mais do que bom. Agora, estou na competição. Não tem nada mais importante do que nadar rápido. Tenho que focar nisso aí - comentou, referindo-se ao fato de ter entrado na final dos 100m livre em Pequim com o oitavo tempo e, depois, ter garantido a medalha de bronze.



Comente:

Nenhum comentário