Cielo vira na frente, mas perde no final e fica fora do pódio nos 100m livre





Principal nadador brasileiro, Cesar Cielo chegou a virar a primeira metade da final dos 100m livre na primeira colocação, mas acabou sendo superado nos metros finais e terminou apenas em quarto lugar, ficando fora do pódio, em disputa realizada na manhã desta quinta-feira (horário de Brasília, já noite de quinta na China), pelo Mundial de Esportes Aquáticos de Xangai.

O brasileiro, recordista mundial da prova, com 46s91 no Mundial de Roma, em 2009, cravou nesta quinta a marca de 48s01 e deixou o pódio escapar. A medalha de ouro ficou com o australiano James Magnussen, que já vinha sendo apontado como o principal favorito ao título, com o tempo de 47s63.

Em segundo lugar, com a medalha de prata, ficou o canadense Brent Hayden, com a marca de 47s95, seguido pelo francês William Meynard, que levou o bronze, com 48s00.

Cielo começou bem a prova e chegou a virar na frente, ao final da primeira metade da disputa, mas perdeu fôlego no final e acabou terminando na quarta colocação. Após a prova, o brasileiro cumprimentou o vencedor Magnussen, ainda na piscina. O próprio Cielo havia dito que precisava melhorar muito na final para superar o australiano.

Na semifinal dos 100m livre, Cesar Cielo havia terminado com o quinto melhor tempo na soma geral, com 48s34, já tendo sido superado por Magnussen.


Comente:

Nenhum comentário