Cielo e Pereira desfalcam o Brasil, que fica sem final no 4x100m medley






O time brasileiro dos 4x100m medley, enfraquecido por causa das baixas de Cesar Cielo e Thiago Pereira, não conseguiu ir bem nas eliminatórias e ficou sem vaga na final no Mundial de esportes aquáticos de Xangai. O Brasil teve participação fraca na sua bateria, com a sexta posição e o tempo de 3min36s99. Com esse desempenho, a equipe não teve chances.

O desfalque de Cielo já estava certo, pois o principal nadador brasileiro havia definido que não nadaria nas eliminatórias. A baixa de Pereira, no entanto, não estava nos planos. O nadador se sentiu mal durante a disputa dos 200m medley e não pôde competir.

Com o 14º melhor tempo entre os 17 países na disputa, a equipe do Brasil não estará na bateria que vale medalhas, neste domingo. Guilherme Guido, Felipe França, Kaio Márcio e Bruno Fratus foram para a água e não tiveram bom desempenho.

Os Estados Unidos fecharam a prova eliminatória com a melhor marca: 3min32s42. A Alemanha (3min33s69) ficou na segunda colocação e teve a companhia da Holanda, que ficou na posição seguinte, com 3min34s59.




Comente:

Nenhum comentário