Cielo desembarca em Xangai com parte da Seleção





 
 

Após passar uma semana em Macau para se acostumar ao fuso horário e treinar, parte da Seleção Brasileira de natação desembarcou nesta segunda-feira em Xangai para a disputa do Mundial de Esportes Aquáticos. Porém, um dos atletas que chegaram corre o risco de nem chegar a pular na piscina: o campeão olímpico Cesar Cielo, que enfrenta um julgamento por doping diante da Corte Arbitral do Esporte (CAS) quatro dias antes do início das competições.

O nadador, que mantém silêncio absoluto desde a divulgação de seu exame positivo para o diurético furosemida, em 2 de julho, tentará convencer o CAS de sua inocência em audiência no dia 20, na Universidade de Direito de Xangai. A decisão do tribunal deve sair no máximo no dia 22 - a preliminar dos 50 m borboleta, primeira prova da qual Cielo participa, acontece dois dias depois.

Os outros atletas que já se encontram em Xangai são André Schultz, Bruno Fratus, Felipe França, Felipe Lima, Henrique Rodrigues, João de Lucca, Kaio Márcio, Leonardo de Deus, Marcelo Chierighini, Nicolas Oliveira e Thiago Pereira, pelo masculino; Carolina Mussi, Daynara de Paula, Flávia Delaroli e Tatiana Lemos Barbosa, pelo feminino.

Ainda faltam se juntar à delegação os nadadores Etiene Medeiros, Michelle Lenhardt, Guilherme Guido, Marcos Macedo e Rodrigo Castro. A Seleção de natação tentará repetir o desempenho histórico do Mundial de Roma em 2009, quando conquistou três medalhas: duas de ouro, com Cielo (50 m livre e 100 m livre) e uma de prata, com Felipe França (50 m peito).



Comente:

Nenhum comentário